sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Ônibus elétrico começa a ser testado

09/11/2012 - ASCOM DFTrans

Fotos: Lula Lopes

Nos próximos três meses, especialistas da Universidade de Brasília e população poderão avaliar a eficiência do veículo

A viagem do governador Agnelo Queiroz à China, em julho deste ano, já mostra resultados concretos. Nesta quinta-feira, foi apresentado o ônibus elétrico, veículo de última geração que utiliza energia limpa e reduz a poluição sonora. Ele circulará na cidade para testes durante três meses, prorrogáveis pelo mesmo período, com o objetivo de avaliar a viabilidade de sua utilização no transporte público do Distrito Federal.

Participaram da viagem inaugural do ônibus o governador Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do vice-governador, Tadeu Filippelli, além dos secretários de Estado de Transporte, José Walter Vazquez; de Ciência e Tecnologia, Glauco Rojas; de Comunicação Social, Samanta Sallum; de Governo, Gustavo Ponce; de Publicidade, Abimael Nunes de Carvalho; e do chefe da Casa Militar, coronel Rogério Leão. Também estiveram presentes empresários chineses e brasileiros ligados ao projeto.

Fabricado na China, onde circulam cerca de 1,8 mil ônibus elétricos, o modelo testado no DF atende os padrões europeus de segurança e de qualidade. O veículo funciona com um conjunto de baterias de 538V, que proporcionam autonomia média de 150km. Cada bateria leva de uma a três horas para ser recarregada e tem vida útil de pelo menos cinco anos. O ônibus possui ar-condicionado e capacidade para transportar 60 pessoas – 28 sentadas, 31 em pé e um espaço para cadeirante.

"A partir desta experiência com o ônibus elétrico, testaremos a utilização de energia limpa no transporte coletivo", afirmou o governador Agnelo Queiroz. "A intenção é trazer para Brasília a fábrica que produz o veículo ecológico, para melhorar todo o sistema de transporte urbano", completou.

Compromisso – A introdução de veículos elétricos e híbridos no transporte coletivo também faz parte do acordo celebrado entre o GDF e a Federação Internacional de Futebol (FIFA) para a Copa do Mundo de 2014. A meta é que essa frota transporte torcedores e turistas do aeroporto ao Setor Hoteleiro e ao Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Nos próximos três meses, o ônibus também poderá ser avaliado gratuitamente pela população. As rotas e datas ainda serão agendadas pelo GDF.

Acordo formal – A Sociedade de Transporte Coletivo (TCB) assinou em 14 de outubro deste ano o primeiro acordo formal com as empresas Rui Hua e Alfa Bus, fabricantes do ônibus elétrico representadas no Brasil pela S4 Clean Energy.

A expectativa do presidente da TCB, Carlos Koch, é começar a produzir os veículos elétricos até 2014. "Estamos próximos de renovar toda a frota de Brasília. Mas o grande objetivo é desenvolver o negócio no país. Inicialmente, seria uma fábrica modular, com peças que viriam do exterior", explicou.

Fonte: Agência Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário