quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Confirmado: Ambiental Transportes Recebe primeiro trólebus a bateria

22/11/2012 - Via Trólebus

Confirmado: Conforme noticiamos aqui no Via Trolebus, o sexto ônibus elétrico de 15 metros foi equipado com baterias, segundo o portal "Segs". O site fala em 50 unidades do modelo Caio BRT, e não 100 unidade como foi informado pela Scania, fornecedora do chassi.
A tecnologia vai permitir que o trólebus com este sistema autônomo de baterias, percorra até 10 quilômetros desconectado da rede aérea.
A empresa Eletra, que desenvolveu o projeto, já comprovou sua eficiência no sistema de transporte da cidade de Wellington na Nova Zelândia, onde 62 trólebus de 12 metros operam desde 2009 com sistema de tração e sistema autônomo com baterias desenvolvidos pela empresa. Assim, a qualquer momento que o sistema sofrer uma queda no fornecimento de energia, seja por acidente no trânsito ou pane, o sistema de baterias é acionado, as alavancas são recolhidas, e o veículo pode seguir normalmente até a próxima subestação com fornecimento regular de energia.
"A exceção de um apagão geral, a interrupção da operação dos trólebus ocorre ou por um defeito em uma subestação ou por um acidente com a fiação. Com a tecnologia desenvolvida pela Eletra esse problema acabou, pois a distância entre as subestações de energia é de 1 km e a autonomia do trólebus sem rede é de 10km, garantindo o deslocamento até um novo trecho energizado sem a interrupção ou transbordo de passageiros. Agora, além da vantagem da emissão ZERO de poluentes, o trólebus se consagra pela eficiência em sua operação", afirma Iêda Maria Oliveira, gerente comercial da Eletra.
Iêda contou ao site que esse sistema permite o barateamento da operação, já que não é necessário, por exemplo, que a empresa tenha seu pátio eletrificado para guardar os carros. "Eles podem ser conduzidos à garagem por meio das baterias", exemplifica.

Por Renato Lobo

Nenhum comentário:

Postar um comentário